Posts arquivados em Mês: maio 2012

30 maio, 2012

[RESENHA] Tiger’s Saga #2: O Resgate Do Tigre



Acredite se quiser, quando a Editora Arqueiro anunciou que lançaria A Maldição do Tigre no Brasil eu nem liguei, vi a capa e achei bonita, mas nem tentei saber qualquer outra coisa do livro. Poucos meses atrás estava fazendo uma compra e decidi que para não pagar o frete (que era quase o valor de outro livro) iria colocar um outro exemplar na compra, A Maldição do Tigre só foi escolhido porque estava em promoção! E que sorte eu tive de ter pago barato por um dos melhores livros da minha coleção. 


Quando terminei o primeiro volume da Tiger’s Curse (Tiger’s Saga no USA), fiquei ansiosa porque a foma como o segundo terminou foi, no mínimo, frustrante para mim que fiquei completamente apaixonada pelo tigre branco de olhos azuis. Antes de começar a ler, cuidado pois esta resenha contem spoiler do livro anterior então, se você ainda não leu A Maldição do Tigre e não deseja spoiler, pule para a minha opinião!



O Resgate do Tigre começa com a Kelsey entrando no avião que a levará de volta para o Oregon, para a sua vida normal, não foi fácil se despedir de Ren, mas ela achava que era o correto. Ao chegar em seu país descobre que o Sr. Kedam, na verdade Ren acessorado pelo senhor, providenciou não apenas um carro muito caro, mas uma casa mobiliada e a matrícula em uma faculdade também muito despendiosa e conceituada, sem conseguir mudar a situação ela decide que é melhor se conformar.


Na semana seguinte à sua volta, Kelsey começa a frequentar a faculdade, em geral as disciplinas são bem interessantes e ela não tem muita dificuldade, a única exceção é o latim. Ela vai conseguindo se manter ocupada e, consequentemente, não pensa tanto em Ren. Depois de algum tempo o Sr. Kedam sugere que Kells devia começar a praticar wushu, uma antiga arte marcial. Durantes as aulas a garota conhece Li, um lutador muito bonito e se mostra interessado nela.

—  Uma vez você me perguntou use eu queria ter um lar e uma família. Eu pensava que não pensava que fosse querer isso sem Yesubai, mas vendo você daquele jeito no meu sonho, com aquele bebezinho… sim. Eu quero. Quero aquele bebê. Quero… você. Eu o vi e me senti… possessivo e orgulhoso. Quero a vida que vi em meu sonho mais do que tudo Kells. Achei que deveria saber disso.



Com o passar dos dias ela vai conseguindo se acostumar com a vida normal, sem aventuras e macacos assassinos correndo atrás dela e quando ela acha que tudo está estável, eis que uma mudança acontece, Kells é convidada para três encontros com três rapazes diferentes. O primeiro deles é Archer, um garoto egocêntrico, unha de fome, mal educado e que não a mínima para o que a garota que ele deveria estar agradando no encontro acha, o que faz Kelsey apenas pensar mais ainda no príncipe indiano de modos perfeitos que deixou para trás.


Jason não foi exatamente o contrário de Archer, apesar de terem conversado e o encontro não ser nem de longe tão ruim quanto o anterior, ela ainda não podia dizer que se divertiu no jogo de futebol americano para o qual o garoto a levou, tentou se interessar pelo jogo, mas não deu muito certo e ela se pegou pensando em um certo homem de olhos azuis…


Li a fez se divertir, muito na verdade. Jogaram e ela conheceu os amigos e a família dele. Ele é gentil, paciente, divertido e está disposto a esperar que os sentimentos mal resolvidos de Kelsey pelo ex-namorado sejam resolvidos, durante o Natal enquanto está na casa dos pais adotivos ela decide que vai beijar Li quando eles saírem mais tarde, mas um presente inesperado aparece na casa dos pais dela: Ren em carne, osso e muito charme !

Ren acha que ela deve continuar saindo com Jason e Li, mas deve acrescentar um terceiro pretendente à sua lista, ele. Daí para frente um começa a jogar com o outro, tentando conquistar através de poemas de amor e, o mais importante, fazer com que um beijo aconteça. Mas nem tudo são flores, quando a vida das personagens parecia finalmente estar entrando nos eixos Ren é capturado por Lokesh e Kelsey é obrigada a encarar uma nova aventura em busca do próximo objeto para quebrar a maldição com Kishan, em uma busca que pode matá-la, transformar seus sentimentos e trazer a tona um novo poder…


E eu amei mais O Resgate do Tigre do que poderia imaginar, a evolução da estória e das personagens foi maravilhoso e viciante! Não podia parar de pensar o que aconteceria a seguir. O livro é completo, no começo é um pouco depressivo, já que a Kelsey havia deixado o Ren na Índia, mas nada como a Bella em New Moon, é mais alguém tentando superar uma perda, tentando fazer a vida seguir em frente. Quando o Ren chega as coisas ficam boas (pelo menos para mim), mesmo ele tendo estado presente antes porque a garota não esquecia de pensar nele em momento algum e, para quem não sabe, o livro é narrado em primeira pessoa.




— Kelsey, cada dia que você ficou longe de mim foi uma agonia. Eu fiquei louco. Se o senhor Kedam não tivesse me mantido ocupado cada minuto de cada dia, eu teria tomado um avião na semana seguinte. Eu ouvia pacientemente enquanto ele me instruía, mas só tenho seis horas como humano. Como tigre abri um caminho no tapete do meu quarto de tanto andar de um lado para outro, hora após hora. Nada me acalmava. Eu estava sempre inquieto, um animal selvagem sem… sem sua fêmea.



Tenho que confessar que também me apaixonei pelo tigre negro, esse livro foi focado nele e na relação com a namorada do irmão. As personagens vão se aproximando e isso permite aos leitores uma outra perspectiva dele e é impossível não se apaixonar por Kishan, ele se culpa pelo que aconteceu com os dois, mas ao mesmo tempo está em busca de redenção e é tão protetor  e sedutor quanto Ren.


A capa é linda e eu adorei, mas acho que a do primeiro é mais bonita. Não sei exatamente por quê, mas o tigre branco me parece mais bonito e a diagramação é perfeita, sempre nos remetendo à cultura hindu, aliás eu adoro a forma como a cultura continua a ser apresentada aos leitores de forma leve e muito interessante!


Antes de dar a minha nota para o livro (que parece ser muito óbvia), quero dizer que eu me debulhei em lágrimas com os últimos capítulos chorei a ponto de soluçar! E voltando à nota, cinco estrelas para O Resgate do Tigre me parece o mais junto.


Ahh e eu deixo aqui o meu pedido à Editora Arqueiro que não demore para lançar o terceiro livro e o meu agradecimento à mesma por ter cedido a obra para resenha!






Título: O Resgate do Tigre
Livro: #2  
Autora: Collen Houck  

Páginas: 432
Tradutor (a): Raquel Zampil
Editora: Arqueiro

13 maio, 2012

[RESENHA] Como Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado



Um dos meus livros favoritos é Como Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado, mas antes de lê-lo tive meio que um preconceito porque o título do mesmo me levava a crer que era uma paródia de Crepúsculo, não gosto da série e menos ainda de paródias, contudo creio que quando eu disse que ele é um dos meus favoritos vocês entenderam ele não se encaixa no quesito paródia de um livro ruim.

Lucius Vladescu é um cara meio estranho, anda todo de preto, aparenta ser misterioso e muito decidido. Ele tem modos impecáveis e foi criado para liderar, um príncipe, forjado pelas mãos de um tio meio cruel. O líder do clã Vladescu tem uma missão a cumprir, que o fará sair da Romênia e ir parar em uma cidadezinha no interior dos Estados Unidos.


Infelizmente, toda a considerável força de vontade de Antanasia, seu “pique” ( para usar uma palavra daqui), se concentra em rejeitar uma pessoa. 
Verdade seja dita: ela demonstra uma dedicação implacável a essa missão.



Por outro lado, Jessica Peckwood, tem uma vida quase normal, não fosse pelo passado nebuloso, o qual nem mesmo ela conhece bem (e nem faz questão), e de seus pais adotivos anti-convencionais… Dois fazendeiros veganos (e me pareceram bem hipps também), que saem por aí adotando bichinhos e que acreditam que a filha não deve ter um carro para não perder o contato com as pessoas durante o trajeto para escola, o qual ela percorre de ônibus!


Em que mundo pessoas tão diferentes se encontrariam? No literário, claro. Lucius foi prometido a Jessica, ou melhor, ele foi prometido à Antanasia Dragomir (preciso abrir esse parênteses para poder comentar: que espécie de nome é Antanasia? Como se pronuncia isso? E o mais importante o que a autora tinha na cabeça para dar um nome desses à personagem?), a herdeira do clã Dragomir, tão tradicional e que se compra em força ao Vladescu. A união entre os jovens deve ocorrer assim que a princesa complete dezoito anos, mas tem alguns probleminhas pelo caminho.


Enquanto isso, tenho a sensação de que Antanasia sente uma atração indevida por um carregador de feno (um camponês! E baixinho, ainda por cima!), que tem aparência e postura pouca notáveis…



Primeiro desafio: Jessica acha que o Lucius está completamente louco já que ele diz que é um vampiro e conta toda a história para ela de uma vez, a garota simplesmente surta, atira o forcado no pé dele e sai correndo! Segundo: ela já tem uma paixonite, é Jess está caidinha por um garoto da sua sala, Jake, um cara muito simpático e que mostra estar igualmente interessado. Terceiro: ela não quer ser uma vampira, na verdade ela nem cogita que isso seja possível e também não quer se casar logo depois de completar dezoito anos, logo depois de ter se formado no ensino médio.


O garoto parece mesmo um príncipe, ele é bastante arrogante e faz críticas constantes aos costumes da família, mas ainda assim, Lucuis tem um chame que o torna irresistível para qualquer garota, e talvez nem a nossa querida protagonista possa lutar contra esse charme, apesar de se empenhar muito. Certos acontecimentos começam a aproximar os dois e Lucius acaba por se apaixonar por sua prometida, depois de perceber os planos terríveis que seu tio Vasel tinha em mente, e desiste dela para seu próprio bem. Seja como for, a decisão não cabe só a ele, ela deve decidir se deseja ser Antanasia a rainha de um clã de vampiros poderosos ou Jessica, a garota que vai para a universidade quando se formar.


Vocês prestaram um juramento à minha família. Além disso não vou retornar à pseudopousada na cidade, onde dormi ontem à noite. A decoração do quarto tinha temática suína, pelo amor de Deus. Papel de parede com porcos, badulaques em formato de porcos por toda parte. E um Vladescu não dorme com suínos.



Já disse que esse é um dos meus livros favoritos, ele é bem leve e a narrativa é bem fluida, sem grandes emoções, mas me matou de rir durante boa parte da leitura, e quando não estava rindo estava suspirando pelo Lucius, por falar nele, alguém sabe me dizer onde é que eu encontro um vampiro como ele (rsrs)? Não sério, ele me deixou completamente apaixonada desde a minha primeira leitura.


Duas coisas me incomodam nesse livro, a primeira delas a ser mencionada é referente a própria obra, para afastar Jessica Lucius acaba por se envolver com a menina que ela mais odeia e que a odeia igualmente. Enfim, achei que a obra caiu um pouco no óbvio aí, a minha vontade durante aquelas intermináveis páginas era matar ambas as personagens. A segunda é a diagramação, um capítulo começa na mesma página que o outro termina (quando isso é possível) e não gosto muito disso. À época do lançamento a Editora Sextante fez uma votação sobre a capa, que não agradou e então decidiram por manter a original, achei muito melho. Confira as capas que foram colocadas para votação:




Como Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado ( Jessica’s Guide To Dating On The Dark Side) não teria continuação, mas a pedido dos fãs a autora resolveu publicar mais um que se chama Jessica Rules the Dark Side (título original e ainda sem tradução) lançado esse mês nos Estados Unidos, o livro não tem previsão de lançamento no Brasil, mas espero que seja logo. Vocês podem conferir a capa do segundo livro, que ficou mais bonita que a primeira, na minha opinião. Confiram aqui. Caso queriam acompanhar, a Arqueiro liberou a tradução de alguns capítulos de “O Casamento”, para ler é só clicar aqui.
Para dizer a verdade eu adorei reler Como Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado e é um dos livros que eu sempre recomendo para quem tem um estilo de leitura parecido com o meu!! O livro leva quatro estrelas de mim!!










Título: Como Se Livrar Vampiro Apaixonado
Livro: #1

Autora: Beth Fantaskey

Páginas: 310

Tradutor (a):
Alves Calado
Editora: Arqueiro