Posts arquivados em Dia: 22 de março de 2018

22 mar, 2018

[RESENHA] Anjo Russo


Oiii Seus lindos, hoje vim trazer para vocês mais um livro
que me tirou da minha zona de conforto, porque eu geralmente  não leio livros
com temática policial (falei disto AQUI), mas quando recebi o e-mail falando
sobre Anjo Russo e os elementos mitológicos que continham nele, acabei ficando
super curiosa! Então borá lá para eu contar um pouquinho para vocês sobre a
obra.

Liudmill uma russa com cidadania dinamarquesa que é acusada e presa por causa de um atentado. A muitos quilômetros dali, Mattias Larsen, um homem frio e calculista que só sente afeto por um lobo que ele adotou, comemora a noticia da morte iminente de Elisa, esposa de seu patrão, Erik Leiv.


Mattias está atrás de algo conhecido como “O Tesouro de
Iduna” e percorre um caminho obscuro que passa pela
Escandinávia. Ali ele rouba o “Códice de Uppsala”, um manuscrito
medieval islandês que contem a versão mais antiga do Edda em Prosa, doado em
1669 para a Biblioteca da Universidade de Uppsala pelo chanceler Magnus Gabriel
de La Gardie
o suposto favorecido do tesouro.

Com a combinação dos códigos em alguma parte desse Códice e
de inscrições na Caixa de Freixo, que teria pertencido à Rainha Cristina da
Suécia, (teoricamente foi ela quem elaborou o mapa do tesouro e ofertado tal
presente a seu protegido da corte, Magnus Gabriel, no Século XVII), Mattias tem
a certeza de que encontraria o tesouro. Para isto ele está disposto a eliminar
todos que ousassem atravessar seu caminho e atrapalhar seu plano de colocar as
mãos naquela fortuna incalculável

inclusive Elisa.

Vocês devem estar se perguntando “como essa quantidade de
nomes e de pessoas que estão perto ou longe umas das outras se conectam?” eu
juro que se conectam e que fazem sentido depois, mas demora um pouco (rs).

Eu tive um problema com o inicio de Anjo Russo, porque eu
achei o enredo bem confuso e fiquei me perguntando quando que a sinopse do livro
faria sentido e admito que demorou um pouco para começar a ligar os pontos e
não sei dizer para vocês se eu demorei para entender alguns pontos porque a
escrita da autora dificultou um pouco (porque sim, achei a escrita meio
arrastada) ou porque não tenho costume com o gênero e ai a leitura sempre é
mais complicada para mim.

De uma forma geral a trama é interessante e me chamou a
atenção pelos elementos mitológicos que tem nela, mas até chegar neste ponto em que a narrativa realmente prendeu a minha atenção já tinha me perdido algumas vezes.

A capa do livro é total e completamente apaixonante, ela é
daquelas que fazem a gente querer entrar lá dentro pra descobrir o que vai
acontecer. A diagramação é muito linda e as folhas são amareladas, o que
realmente ajuda na leitura.
Então o resumo da ópera é que a trama é boa, mas eu não
consegui me prender muito a ela, achei um livro ok, mas não é daqueles que eu
tenha me encantado profundamente ou que vá reler no futuro.



Título: Anjo Russo Páginas: 248 | Autor(a): Zia Stuhaug 
  Editora: Mais que Palavras | Ano: 2017